sexta-feira, 12 de junho de 2009

Menos por mais

Qual será o futuro das embalagens de produtos de supermercado?
Além de emporcalharem e entupirem o lixo daqui de casa vejo que daqui a pouco elas conterão uma quantidade tão mínima do produto que vão acabar ficando mais caras que eles. Minha cidade possui coleta seletiva, ainda bem. O lixo reciclável que minha família (2 adultos e 1 criança) produz é considerável. Tudo embalagens. Eu as detesto. Cada produto tem duas ou três. É um absurdo uma caixa de bis(R) ter: uma embalagem geral, mais uma caixinha de papelão e mais dezenas de papéizinhos embalando cada chocolatinho...
É a cultura do hiperembalamento (com ou sem hífen ??).
Agora a moda é reduzirem a quantidade do produto embalado. Ficou frequente a gente se deparar com mensagens dizendo que reduziram de 100g para 90g. De 90g para 85g. De 85g para 83g...Aonde isso vai parar?
É uma forma sorrateira e disfarçada de aumentarem os preços. Afinal, compramos cada vez menos mercadoria pelo mesmo custo.
Não se surpreenda se você for morar no estrangeiro e, retornando, encontrar sabão em pó em uma caixinha do tamanho de uma caixa de fósforo, ou encontrar um prestígio(R) do tamanho de um bis(R). As caixas de bis(R) terão 3 unidades.
Aliás, outra tática recente da indústria é aumentar o tamanho das embalagens externas para dar a impressão de que a quantidade de produto é proporcional. Não se engane. Dê uma chacoalhada e você perceberá que dentro da caixa tem muito ar.

Este post é um oferecimento do pseudofilosofia, onde você tem sempre mais, e de graça.

5 comentários:

Lou Mello disse...

Mercado é absolutamente pró mal, não se engane. Bobos somos nós quando esperamos algo de bom dele. Falando nisso, não faça nada de graça, pois o pessoal gosta de pagar e caro. Lições do mercado.

Rubinho Osório disse...

Há precisamente 2 anos fiz duas postagens sobre o mal das embalagens, abordando outro aspecto - ruim - delas.
Veja lá: http://rubensosorio2.blogspot.com/2006/06/enrolado-por-embalagem-2a-parte.html

Danilo Fernandes disse...

Herman!

Eu sempre fui ecologista de carteirinha e cristão. Recentemente, descobri uma convergencia interessante entre as duas coisas, resumidas neste artigo abaixo.

Olha lá.

http://genizah-virtual.blogspot.com/2009/07/eucaristia-e-meio-ambiente.html


Não conhecia seu blog. Vi no blogroll do amigo Volney.

Vou te seguir.

ABs.

Danilo

Hernan disse...

Obrigado Danilo. Fiz uma visita pra você também.
Um abraço.

Lux Luxo disse...

Dois pelo preço de um.